Fabiana Murer iguala recorde e ganha prata em Bruxelas

A brasileira Fabiana Murer igualou nesta sexta-feira seu recorde sul-americano do salto com vara, com 4,66 metros, e conquistou a medalha de prata no meeting de Bruxelas, que faz parte da Golden League, a principal série de competições da Federação Internacional de Atletismo (Iaaf).Fabiana repetiu a marca que havia anotado no último domingo, quando ganhou a medalha de ouro no GP de Mônaco. Ela só foi superada pela recordista mundial, a russa Yelena Isinbayeva, que marcou 4,81 metros. A polonesa Monika Pyrek ganhou o bronze, com 4,66 metros - Fabiana ficou à frente por ter conseguido o salto na primeira tentativa.Ela tentou a marca de 4,71 metros, mas falhou nas três tentativas. Isinbayeva também tentou sem sucesso um novo recorde mundial, com 5,03 metros - dois centímetros acima da atual marca, obtida há um ano, no Mundial de Helsinque.Vencedor irritadoO jamaicano Asafa Powell não ficou nada satisfeito com seu desempenho nos 100 metros rasos, apesar de ter conquistado a medalha de ouro com 9s99. Ele errou na saída, e acredita que poderia até ter batido seu próprio recorde mundial, de 9s77."Eu ainda estava me concentrando quando ouvi o tiro", disse o jamaicano, que mostrou um grande poder de superação durante a prova, mas reclamou, ao lado de outros atletas, porque consideraram prematura demais a largada da prova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.