Fabiana Murer leva o ouro e bate recorde no Troféu Brasil

Fabiana Murer esteve muito perto de bater sua melhor marca na prova do salto com vara (4,66 m - recordes brasileiro e sul-americano) no penúltimo dia do Troféu Brasil de atletismo, neste sábado, no Ibirapuera, em São Paulo. Um centímetro a mais, porém, faz diferença e a atleta de 25 anos não conseguiu superar o sarrafo em suas três tentativas. Mas Murer ficou muito feliz em chegar aos 4,57 m - superando por quatro vezes o recorde da competição (4,23 m), que era dela mesma. ?Eu queria muito bater o recorde aqui, mas estou feliz porque passei perto?, disse a atleta, que já tem tentado, no circuito europeu, saltar 4,71 m - o recorde mundial da prova é da russa Yelena Isinbayeva, com 5,01 m. O fato de ter estreado uma vara nas duas últimas tentativas do salto a 4,67 m, entretanto, prejudicou o desempenho de Fabiana. ?Depois da primeira tentativa, a vara ficou muito mole. Aí troquei por uma que ainda não havia usado e acabei estranhando?. Ainda assim, a brasileira acha que conseguirá manter, com os pontos conquistados em São Paulo, a terceira posição no ranking mundial - está atrás apenas de Isinbayeva e da polonesa Monika Pyrek.

Agencia Estado,

23 Setembro 2006 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.