Jonne Roriz/Reuters
Jonne Roriz/Reuters

Fabiana Murer projeta melhor marca do ano no Chile

O recorde da temporada é de 4,61 metros e pertence a Ala Boyd, da Austrália

Nathalia Garcia, Enviada Especial, O Estado de S. Paulo

14 de março de 2014 | 08h56

SANTIAGO - Principal nome do salto com vara feminino do Brasil, Fabiana Murer estreia nos Jogos Sul-Americanos às 18h10 desta sexta-feira. E objetivo no Chile é claro em sua cabeça: buscar a melhor marca do ano em pista ao ar livre. O recorde da temporada é de 4,61 metros e pertence a Ala Boyd, da Austrália.

Para atingir sua meta, ela procurou descansar depois da longa viagem da Polônia para o Brasil na volta do Mundial Indoor de Atletismo, seguida de novo deslocamento em menos de 48 horas para Santiago. Ela acha que a experiência vai ajudá-la a não sentir tanto o cansaço e confia que não repetirá o fraco desempenho de Thiago Braz, que acabou zerado na prova depois de errar as três tentativas.

"É uma viagem longa da Europa e estou acostumada, mas acabo sentindo também. Espero conseguir saltar bem, vim aqui para buscar a primeira colocação e fazer uma boa marca. Vou entrar na competição para isso", afirma.

Apesar a ambição de superar um recorde, Fabiana reconhece que isso tudo não é preciso para ganhar a prova, visto que as suas adversárias são muito mais jovens e inexperientes. Para ela, um salto de 4,50 m pode ser suficiente para subir ao lugar mais alto do pódio. Mas isso não tira a sua motivação. "Estava vendo a lista e pensei: ''Não conheço mais ninguém''. Vi os anos e são várias atletas novas", conta.

No masculino, o brasileiro Augusto Dutra ficou com o ouro ao saltar 5,40 metros e sagrou-se bicampeão nos Jogos Sul-Americanos nesta quinta-feira. O atleta lutou com a dor de uma lesão no pé esquerdo e saiu satisfeito da disputa no Estádio Nacional, em Santiago.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos Sul-AmericanosFabiana Murer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.