Fabiane dos Santos já pode competir

A Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) autorizou a meio-fundista Fabiane dos Santos, que estava suspensa por resultado positivo em exame antidoping, a competir provisoriamente. A decisão foi comunicada à Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) na última terça-feira. A corredora, especialista nos 800 metros, havia sido absolvida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBAt, em julgamento realizado em Manaus (AM), no dia 11 de março. O resultado foi enviado para a IAAF e Fabiane aguardava uma decisão da entidade.Mas a liberação para que volte a competir é apenas temporária, até que o Conselho da IAAF se manifeste novamente - o julgamento final do caso foi remetido para a Corte Superior de Esportes (CAS), entidade do Comitê Olímpico Internacional (COI). A Corte é a última instância para o caso da brasileira, que, se condenada, será banida do atletismo por ser reincidente. Afinal, ela já foi condenada e cumpriu suspensão por doping uma vez.Agora, estava suspensa desde agosto de 2001, após divulgação de resultado positivo para excesso do hormônio masculino testosterona - o controle antidoping foi feito no Grande Prêmio Brasil de Atletismo, dia 6 de maio de 2001, no Rio. No Tribunal da CBAt, a atleta foi defendida pelo advogado espanhol Josep Maria Mir e baseou sua defesa na tese de que era muito grande a diferença entre os resultados das amostras A e B de urina, feitas no Laboratório de Montreal (CAN).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.