Fábio Costa nega problemas com Leão

Na sua primeira entrevista de 2008, o goleiro e capitão santista Fábio Costa não quis saber de polêmica. Declarou amor ao Santos e negou qualquer problema profissional com o técnico Emerson Leão. "Quero renovar o meu contrato no fim do ano e encerrar a minha carreira aqui. Não tenho motivos para sair", disse, negando ter sido procurado pelo Fluminense. "Se há mesmo interesse, quem deve ser procurada é a diretoria."Sobre Leão, o goleiro foi diplomático. "Nunca existiu briga entre nós. Naquela época (2003) meu contrato terminou e por motivos que considerei importantes resolvi sair (para o Corinthians), mas não teve nada do Leão nisso. Cada um tem seu jeito de agir e pensar e o que existe aqui no Santos é respeito."Ontem foi dia da apresentação de Marcinho Guerreiro. Contratado por empréstimo de sete meses, o ex-jogador do Palmeiras e que pertence ao Arsenal de Kiev, da Ucrânia, quer estar em campo contra o seu ex-clube na 2ª rodada do Paulista, dia 20. "Quero estar nesse jogo." Marcinho não joga há cinco meses. Ele está recuperado de lesão no joelho. "Estou zerado." O zagueiro Evaldo, segundo reforço santista da temporada, já treina com o elenco, mas espera a liberação do FC Tokyo, para ser apresentado. Quem também está perto de um acerto é Fabão, ex-São Paulo. Assim como Evaldo, o zagueiro espera a liberação do Kashima Antlers. O Santos estréia no Paulista, dia 16, contra a Portuguesa, no Canindé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.