Fabrício volta, mas STJD ameaça Cruzeiro

O volante Fabrício deve ser liberado pelos médicos do Cruzeiro para a partida contra o Flamengo, domingo, em Volta Redonda. Apesar de ainda sentir dores no abdome, o resultado de uma ressonância magnética descartou a possibilidade do desconforto ser causado por hérnia e a maior probabilidade é de que seja apenas irritação na cicatriz de cirurgia feita em 2008.

Marcelo Portela, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2010 | 00h00

Ontem, Fabrício não participou das atividades e vai fazer trabalhos fisioterápicos intensivos. Na terça-feira, o técnico Cuca já havia dito que espera por ele.

Outro que também está nos planos é o zagueiro Gil, que disputa vaga com Edcarlos. No entanto, a escolha será definida nos tribunais. Gil será julgado amanhã pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Além dele, também serão julgados o armador Gilberto, o presidente Zezé Perrella, e o técnico Cuca, todos por causa da polêmica derrota por 1 a 0 para o Corinthians, no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.