Ricardo Saibun/Divulgação - 8/12/2010
Ricardo Saibun/Divulgação - 8/12/2010

Falcão anuncia que não é mais jogador de futsal do Santos

O atleta lamentou a decisão da diretoria de pôr fim à equipe que faturou o título da Liga Futsal

AE, Agência Estado

29 de dezembro de 2011 | 14h47

SANTOS - O ala Falcão, duas vezes eleito o melhor jogador de futsal do mundo, anunciou nesta quinta-feira, por meio do seu Twitter, que não é mais jogador do Santos. O atleta de 34 anos lamentou a decisão da diretoria santista de pôr fim à equipe que faturou o título da Liga Futsal nesta temporada.

"Queria anunciar oficialmente que, infelizmente, não sou mais atleta do Santos. Por decisão do clube o projeto futsal não existirá mais. Queria agradecer a todas as pessoas envolvidas no projeto, comissão técnica, atletas, clube, diretoria, em especial aos torcedores, que abraçaram de verdade o projeto", escreveu Falcão.

O projeto do Santos no futsal foi por água abaixo depois que a principal patrocinadora da equipe deixou de estampar sua marca na camisa alvinegra e fez com que o clube se visse obrigado a arcar com todos os custos, tornando a equipe deficitária financeiramente. Assim, logo após o término da Liga Futsal, o técnico Fernando Ferretti e outros atletas deixaram a equipe.

A demora para resolver a situação de Falcão estava relacionada à sua multa contratual. O jogador não abria mão de recebê-la, uma vez que a rescisão partiu do Santos. O clube buscava se livrar desta despesa em troca de liberar o ala para exercer sua profissão em outro lugar. As duas partes não se pronunciaram sobre os termos do encerramento do contrato.

Em sua despedida, via Twitter, Falcão postou fotos, agradeceu o meia Elano e o goleiro Rafael por irem recorrentemente ao ginásio torcer pelo Santos e falou da amizade com Paulo Henrique Ganso e Neymar. "Posso dizer que fiz dupla de ataque com Neymar (risos), pena que não foi com a camisa do Peixão (Santos)", escreveu, lembrando do jogo beneficente promovido por Narciso, neste fim de ano, quando os dois craques atuaram na mesma equipe.

"Agora é pensar no futuro. Vamos ver para onde o vento vai me levar", completou Falcão.

Tudo o que sabemos sobre:
futsalSantosFalcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.