Falcão brilha e Brasil goleia Cuba por 8 a 0 no futsal

Seleção garante vaga para a semifinal e disputa na quarta-feira 1.º lugar do grupo contra o Paraguai

24 de julho de 2007 | 11h30

Desta vez, o torcedor que compareceu ao Pavilhão 3B do Complexo Riocentro saiu satisfeito com o desempenho da seleção brasileira de futsal. Com direito a olé no final do jogo, o Brasil derrotou a fraca equipe de Cuba por 8 a 0, garantindo classificação à fase semifinal. Veja também: O quadro de medalhasOs detalhes das modalidades em disputa Na segunda-feira, contra a Guatemala, a seleção entrou apática em campo e demorou para fazer o primeiro gol. Contra Cuba, porém, a postura foi outra e os jogadores massacraram o adversário do início ao fim.   O primeiro gol foi marcado por Falcão, melhor jogador do mundo, logo a dois minutos da etapa inicial. Ele aproveitou um contra-ataque para chutar na saída do goleiro Carbo. O astro da seleção brasileira viria a balançar as redes por mais duas oportunidades.   Os outros gols do Brasil foram marcados por Gabriel, Vinícius, Marquinho, Neto e Simi.   Agora, a seleção volta a quadra nesta quarta-feira para enfrentar o Paraguai, no último jogo do Grupo A - as duas seleções estão classificadas e disputarão o primeiro lugar.   "Foi um resultado muito bom, principalmente por trazer ânimo novamente para a equipe", contou o técnico Paulo César Oliveira. "A gente está nesse processo de melhora na competição. Por isso, não vamos poupar jogadores para o confronto contra o Paraguai. Queremos o primeiro lugar."   Os paraguaios, que bateram Cuba na estréia por 2 a 1, repetiram o placar diante da Guatemala na outra partida desta terça-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futsalPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.