Lucas Uebel/Divulgação - 12/4/2011
Lucas Uebel/Divulgação - 12/4/2011

Falcão testa bom início no Inter contra Peñarol

Técnico promete ousadia e eficiência na partida desta quinta, às 19h30, pelas oitavas da Libertadores

, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2011 | 00h00

MONTEVIDÉU - O Internacional sofreu muito na Libertadores de 2010, na qual foi campeão, por não jogar bem fora de casa - perdeu três vezes nos mata-matas. Nesta quinta-feira, a equipe visita o Peñarol pelas oitavas e o técnico Falcão promete ousadia e eficiência na busca de um bom resultado para evitar sufoco no duelo de volta, quarta-feira, no Beira-Rio. O confronto começa às 19h30 no histórico Estádio Centenário de Montevidéu.

"Vamos ter de atacar e nos impor, pela história do Internacional, sem dar muita chance ao adversário. Não existe essa de jogar em casa ou fora para mim. É tudo igual e quero a vitória", afirmou o invicto e entusiasmado técnico Falcão - ganhou as três no comando do Colorado -, que contará com time completo. Entre os titulares, Andrezinho, que ganhou a posição de Oscar, dividirá a armação das jogadas com D"Alessandro, de volta após cumprir suspensão diante do Juventude. "Pode até acontecer de ter que fazer modificação durante o jogo, mas não vamos nos encolher diante do adversário. Senão não serei o Falcão."

Camaradagem. Para evitar exageros da torcida adversária nesta quinta, o Inter fez anúncio no mínimo engraçado no jornal El País. Disse que o Peñarol e seus torcedores serão recebidos de braços abertos no jogo de volta, pelos laços que unem os clubes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.