Falcões vão ?trabalhar? em Atenas

Um efetivo diferente da Força Aérea grega prepara-se para dar sua contribuição à Olimpíada: alguns dos falcões treinados para espantar pássaros dos aeroportos militares terão a missão de manter as centenas de gaivotas que habitam a região costeira de Atenas - e a sujeira que produzem - bem longe dos atletas e dos locais de competição durante os Jogos.Os organizadores dos Jogos pediram ao Ministério da Defesa que cedesse alguns falcões para "trabalhar" já na próxima semana, durante eventos de teste para as provas de caiaque e canoagem. "Vamos usar três falcões, como um modo silencioso de espantar as gaivotas. Se tudo for bem nos testes, os falcões também serão usados nos Jogos", disse um porta-voz da Força Aérea.O vôlei de praia e a vela estão entre as competições que podem sofrer com a presença das gaivotas. Outros métodos para afastar os pássaros, como tiros de canhão ou de armas de fogo, são muito barulhentos e foram descartados para não atrapalhar o desempenho dos atletas.Nos últimos cinco anos, a Força Aérea já treinou mais de 40 falcões, que patrulham os aeroportos militares, mantendo os pássaros a distância. A fórmula também é utilizada por vários aeroportos em todo o mundo para prevenir colisões entre aeronaves e pássaros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.