Falta de vento atrapalha Louis Vuitton

No único confronto da Copa Louis Vuitton de Vela disputado até o fim nesta terça-feira, no Golfo de Hauraki, na Nova Zelândia, o barco italiano Prada Challenge derrotou o Victory Challenge, da Suécia. As outras três provas da sexta regata do torneio - classificatório para a America?s Cup, a mais tradicional competição de vela oceânica do mundo - foram interrompidas em razão das condições climáticas impróprias.Com vento fraco, os barcos excederam o limite de tempo de 45 minutos para cruzar a linha de chegada e as corridas tiveram de ser canceladas. Os confrontos envolviam o barco francês Le Défi Areva e o norte-americano Stars and Stripes; Oracle Racing e One World Challenge (ambos dos Estados Unidos); e Wight Lightning, da Grã-Bretanha, e Mascalzone Latino, da Itália. O barco suíço Alinghi, que lidera a competição, com quatro pontos, não correu nesta terça-feira.O dia de hoje foi o terceiro em que a competição foi prejudicada pelas condições climáticas. Das vezes anteriores, porém, as regatas foram adiadas por excesso de vento, que era de 30 nós/hora, quando o máximo permitido para largada é 19 nós/hora.Para amanhã estão marcados os seguintes confrontos: One World Challenge x Victory Challenge; Alinghi x Stars and Stripes; Wight Lightning x Prada Challenge; e Le Défi Areva x Oracle Racing.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.