Falta de ventos adia abertura do Mundial

A falta de ventos em Bodrum, na Turquia, adiou a abertura do Mundial da Classe Laser, em que o brasileiro Robert Scheidt busca seu 7º título mundial. Assim, as duas regatas que deveriam acontecer nesta quinta-feira foram transferidas para sexta e sábado - cada dia terá, agora, três provas.?Estávamos na água já às 11 horas (5 horas de Brasília), mas a largada foi atrasada porque os ventos estavam rondando demais. Depois até largamos, mas uma virada do vento em 40º obrigou a comissão de arbitragem a adiar a regata?, explicou Scheidt. ?Foi uma pena porque, no fim da tarde, o vento firmou e aumentou bastante, ficando ótimo para velejar.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.