Favoritismo em jogo no Japão

Invicta, seleção de Zé Roberto pega rival de tradição, a Rússia, na estreia da fase final, em busca do 8.º título

, O Estadao de S.Paulo

18 de agosto de 2009 | 00h00

Única invicta na etapa classificatória, a seleção feminina do Brasil chega com favoritismo para a fase decisiva do Grand Prix. A equipe treinada por Zé Roberto inicia a campanha pelo oitavo título na competição amanhã, às 3h30 (de Brasília), contra a Rússia, em Tóquio. Rival de tradição, o time russo não vive bom momento. Com três derrotas em nove jogos, encerrou a fase inicial em 6º e ficou com a última vaga. Zé Roberto, porém, espera dificuldades na estreia contra as russas. "É um time perigoso, com características totalmente diferentes das equipes que enfrentamos nas três primeiras fases", afirmou o técnico. "Joga com as bolas mais altas da competição, e tem um bloqueio alto e pesado. Será um ótimo teste para nós."A cada duelo contra as russas, a seleção se depara com a inevitável recordação da derrota por 3 sets a 2 nos Jogos de Atenas-2004. "Aquilo já passou. Não podemos ficar lembrando sempre daquela derrota", afirmou Zé Roberto. Em busca do quinto Grand Prix como técnico,o treinador diz que a receita para vencer é a regularidade. "É luta contra o cansaço. Serão cinco partidas seguidas em que não se pode perder."MASCULINOA seleção masculina venceu por 3 sets a 0 (25/17, 25/19 e 25/15) o Uruguai no Campeonato Sul-Americano da Colômbia. Hoje a equipe enfrentará os donos da casa às 21 horas de Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.