Favoritos caem e pernambucano surpreende

Está difícil pegar ondas perfeitas na praia da Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha. Pior para os principais favoritos do Hang Loose Pro. Ontem mais dois foram eliminados: o atual campeão C.J. Hobgood e o brasileiro Jadson André, 13.º do ranking mundial.

Giuliander Carpes, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

Jadson caiu logo na estreia, assim como já havia se despedido o compatriota Adriano de Souza, o Mineirinho, 10.º melhor do mundo no dia anterior. Jadson caiu em bateria com poucas ondas, em que se classificaram o australiano Lincoln Taylor e o paulista Hizunomê Bettero.

Hobgood despediu-se na segunda fase, em bateria que o destaque foi o único pernambucano ainda vivo na competição, Luel Felipe, de 19 anos. "Tive de ir um pouco contra os meus princípios e marcar o adversário no final porque a pontuação estava muito apertada", contou. Outra promessa, Gabriel Medina, 17 anos, também passou à terceira fase.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.