Favoritos lutam contra ''fantasmas''

Fluminense, Corinthians e Cruzeiro tentam conter a ansiedade para evitar a repetição de problemas na última e decisiva rodada da competição

, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2010 | 00h00

Rezas, promessas e, claro, muito treino e conversas. Tudo isso faz parte da estratégia que Fluminense, Corinthians e Cruzeiro utilizam para se livrar de fantasmas que os atormentaram durante a temporada. Em comum, além do fato de enfrentarem três adversários alviverdes e repletos de desfalques (Guarani, Goiás e Palmeiras, respectivamente), os três candidatos ao título do Campeonato Brasileiro querem deixar as assombrações bem longe do campo de jogo, amanhã, na última e decisiva rodada.

Nas Laranjeiras, o alto nível de ansiedade, natural nessa situação, ficou ainda mais acentuado pela preocupação em não perder pontos em casa diante de equipe que está na zona do rebaixamento. Permanece na mente dos tricolores o empate por 1 a 1 com o Goiás, no mesmo Engenhão, na 35.ª rodada. Por isso, contra o Guarani, o técnico Muricy Ramalho insiste que manter a concentração é o grande desafio. "O trabalho agora é mais mental do que técnico", explica o treinador.

No Parque São Jorge, além do time B do Goiás (o principal será poupado para a final da Sul-Americana), outra preocupação é o Estádio Serra Dourada. Lá, os corintianos jogaram 21 vezes pelo Brasileiro e venceram apenas cinco. O título de 2005, por exemplo, foi conquistado ali, mas com uma derrota por 3 a 2 para o Goiás. O Cruzeiro, por sua vez, não terá um de seus maiores aliados no duelo contra o Palmeiras: o Mineirão, que passa por reformas. O jogo será em Sete Lagoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.