Reprodução/CBGinástica
Reprodução/CBGinástica

AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Federação Internacional de Ginástica confirma Mundial de 2021 em Copenhague

50ª edição da competição será a primeira do ciclo olímpico para a Olimpíada de Paris-2024

Estadão Conteúdo

01 Março 2018 | 11h26

A Federação Internacional de Ginástica (FIG) anunciou nesta quinta-feira que a cidade de Copenhague, na Dinamarca, receberá o Mundial de Ginástica Artística de 2021. Será a 50ª edição da competição e a primeira do ciclo olímpico para os Jogos de Paris-2024.

+ Chefe do Comitê Olímpico dos EUA renuncia ao cargo após escândalo da ginástica

+ Isabel Barbosa fatura duas pratas na Copa do Mundo de Ginástica Artística

+ Seleção de conjunto de ginástica rítmica conta com coreógrafo em ciclo olímpico

Antes, no entanto, haverá disputa do Mundial neste ano, em Doha, no Catar, entre os dias 25 de outubro e 3 de novembro, e, em 2019, em Stuttgart, na Alemanha, de 4 a 13 de outubro. Em 2020, a competição não será disputada por conta dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão.

A definição por Copenhague foi anunciada após reunião realizada nesta quinta-feira em Lausanne, na Suíça, na sede da FIG. O Mundial de 2021 está programado para acontecer entre os dias 18 e 24 de outubro, na Arena Royal, que foi inaugurada no ano passado, na capital dinamarquesa.

Será a primeira vez que a cidade receberá uma edição do evento. A Dinamarca, no entanto, foi palco do Mundial em 2006, quando aconteceu na cidade de Aarhus. Para comemorar a escolha do local, o presidente da FIG, Morinari Watanabe citou o mais famoso escritor dinamarquês, Hans Christian Andersen, conhecido especialmente na literatura infantojuvenil. É autor de clássicos como "O Patinho Feio" e a "Pequena Sereia".

"Assim como Hans Christian Andersen inspirou a imaginação de milhares de crianças pelo mundo com seus famosos contos, espero que esse campeonato mundial inspire as novas gerações mostrando o valor do esporte", afirmou o mandatário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.