Federer atropela Nieminen em Hamburgo; Nadal e Djokovic avançam

O tenista suíço Roger Federer começoua defesa do título do Masters Series de Hamburgo com umavitória tranquila por 6-1 e 6-3 sobre Jarkko Nieminen, enquantoo espanhol Rafael Nadal enfrentou uma partida mais complicadado que o esperado e ganhou do italiano Potito Starace por 6-4 e7-6. O terceiro pré-classificado, Novak Djokovic, da Sérvia,também passou com facilidade pelo primeiro jogo no saibroalemão, ao derrotar o argentino Juan Ignacio Chela por 6-3 e6-1. Federer, o número 1 do mundo, precisou de apenas 57 minutospara conseguir sua nona vitória em nove encontros com ofinlandês, e assim chegar à terceira rodada da competição. "Eu sei que tive muitos resultados bons contra ele, mas elepode causar problemas, então estou muito feliz", disse Federerem entrevista coletiva, depois de uma exibição convincente nosaibro. Nadal, que foi batido por Federer na final do Masters deHamburgo do ano passado, teve que se esforçar muito mais parabater Starace e teve sorte de ganhar o segundo set depois de umtiebreak. O espanhol enfrenta agora Andy Murray, depois de obritânico ter passado facilmente pelo francês Gilles Simon por6-3 e 6-3. "Realmente não sou um favorito para a próxima partida",disse Murray, que irá celebrar seu vigésimo primeiroaniversário na quinta-feira. "Mas se eu jogar como hoje, achoque posso proporcionar um bom jogo". Marat Safin, que já foi número do mundo, chegou à terceirarodada com uma vitória de 7-5 e 6-4 em cima de Tomas Berdych. O americano James Blake caiu diante do sérvio JankoTipsarevic, por 4-6, 6-3 e 6-3, em um jogo de duas horas deduração. O croata Ivo Karlovic eliminou o espanhol TommyRobredo por 3-6, 6-2 e 7-6. O suíço Stanislas Wawrinka, batido na final do Masters deRoma da semana passada, perdeu para o alemão Nicolas Kiefer,enquanto o sueco Robin Soderling bateu o francês Jo-WilfriedTsonga, vice-campeão do aberto da Austrália, por 6-2 e 7-5. O número três do mundo, Novak Djokovic enfrenta o argentinoJuan Ignácio Chela nesta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.