Federer bate Davydenko e chega à final do US Open

O suíço Roger Federer confirmou seu favoritismo e bateu, neste sábado, o russo Nikolay Davydenko por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 7/5 e 6/3. O tenista número 1 do mundo espera o confronto entre o norte-americano Andy Roddick e o russo Mikhail Youzhny na final, no domingo, em Flushing Meadows, Nova York. Agora Federer briga pelo seu terceiro título de Grand Slam da temporada. Ele já venceu o Aberto da Austrália e o Torneio de Wimbledon, além de ser vice-campeão em Roland Garros, onde perdeu para o Espanhol Rafael Nadal. Sem grandes dificuldades, o suíço derrotou o russo em 1h e 43 min. O primeiro set foi um verdadeiro passeio e ele quase aplicou um "pneu" (placar de 6/0) no tenista russo, que conseguiu confirmar somente uma vez o seu saque. O segundo set foi muito mais disputado e só foi vencido no game decisivo a favor de Federer, que conseguiu uma quebra e fechou em 7/5. O equilíbrio continuou no set final, mas o suíço confirmou papel de melhor tenista do mundo e fechou também com um quebra: 6/4 para Federer.

Agencia Estado,

09 Setembro 2006 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.