Federer e Henin são eleitos os melhores do tênis em 2006

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta segunda-feira, em Madri, os nomes dos melhores tenistas de 2006. Sem surpresas, os eleitos foram o suíço Roger Federer e a belga Justine Henin-Hardenne, que conquistaram títulos importantes e terminaram a temporada na primeira colocação nos rankings da ATP e WTA.Essa é a terceira vez consecutiva que Federer ganha o prêmio da ITF e, assim, se iguala a outras lendas do esporte como o sueco Bjorn Borg, o checo Ivan Lendl e o norte-americano Pete Sampras. Só em 2206, foram 92 vitórias em 97 partidas e as quatro finais de Grand Slam com títulos no Aberto da Austrália, em Wimbledon e no US Open. A única derrota aconteceu em Roland Garros para o espanhol Rafael Nadal."É uma honra receber esta nomeação pelo terceiro ano consecutivo. Foi um grande ano para mim porque acabei de novo como número um e ganhei 12 títulos, incluindo três Grand Slams, e cheguei pela primeira vez à final de Roland Garros", comentou Federer. A última conquista foi a Masters Cup, em Xangai (China), com a vitória sobre o norte-americano James Blake.No feminino, Henin foi escolhida pela segunda vez em sua carreira - a primeira aconteceu em 2003. Nesta temporada, a belga superou lesões e a francesa Amelie Mauresmo na briga pelo topo do ranking. "Eu gostaria de agradecer à IFT por seu reconhecimento. É uma grande honra. O tênis é jogado ao longo de todo o ano e acabar como número um demonstra uma consistência e uma continuidade de alto nível", contou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.