Federer e Nadal fazem jogo-exibição na Coréia do Sul

Após conquistar o título da Masters Cup de Xangai (China) no último domingo, o tenista suíço Roger Federer desembarcou nesta segunda-feira na cidade sul-coreana de Seul, onde fará uma partida exibição contra o espanhol Rafael Nadal. O confronto acontece na terça."É sempre bonito chegar numa cidade onde nunca estivemos. Estou cansado após disputar a Masters de Xangai, mas posso jogar mais uma partida antes de entrar de férias e começar as preparações para a próxima temporada", disse o líder do ranking de entradas e da Corrida dos Campeões da Associação dos Tenistas Profissionais.Federer fechou o ano com a impressionante marca de 12 títulos. "Foi muito bom, mas fico ainda mais feliz por ter fechado a temporada sem lesões. Não consigo acreditar que consegui jogar de janeiro a novembro sem nenhum problema", analisou o europeu, que acumulou US$ 8,34 milhões (cerca de R$ 18,3 milhões) em prêmios obtidos apenas em 2006.Com 92 vitórias em 97 partidas disputadas neste ano, Federer foi superado por Nadal, segundo do mundo, por quatro vezes nesta temporada - no Torneio de Dubai, nos Masters Series de Monte Carlo e Roma e no Grand Slam de Roland Garros. Porém, o último jogo entre os dois atletas foi ganho pelo suíço, na semifinal da Masters Cup."Rafael (Nadal) é o melhor canhoto que já joguei em minha vida. É incrível como ele cobre a quadra. Eu não era tão bom quando tinha a sua idade (o espanhol está com 20 anos). Acredito que a temporada de 2007 será muito atrativa por causa da sua qualidade", elogiou Federer."É sempre difícil e especial jogar contra Roger (Federer). Ele é uma fantástico jogador. É muito natural, rápido e seguro dentro das quadras", retribuiu Nadal, que já ganhou de Federer seis vezes em nove partidas pelo circuito da ATP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.