JF Diório/AE - 25/5/2010
JF Diório/AE - 25/5/2010

Felipão comemora opções no Palmeiras

Após difícil começo de ano, treinador já pode armar o time de diversas maneiras. Ele quer mais um meia e um atacante

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

SÃO PAULO - O Palmeiras iniciou o ano com Luiz Felipe Scolari na bronca. O treinador pediu publicamente a contratação de reforços, sob a alegação de que o elenco era enxuto demais. E ele tinha razão. Tanto que nas primeiras atividades do ano, várias foram as vezes em que precisou reforçar o elenco com meninos do time B, para poder realizar um coletivo. Mas a situação agora é outra, totalmente diferente.

"Hoje, eu posso fazer algumas mudanças táticas por ter mais opções, principalmente do meio para a frente", comemorou o treinador, que pouco a pouco recebe mais jogadores em seu plantel. O último foi o atacante Miguel, único centroavante dentre os 29 atletas que fazem parte do elenco principal.

Para o jogo contra o Mogi Mirim, domingo, em Mogi, o treinador tem a disposição 25 atletas. Estão fora apenas Dinei e Pierre, machucados, e Miguel e Lincoln, fora de forma. Valdivia tem boas chances de pelo menos ficar no banco de reservas.

Felipão espera ainda pela chegada de pelo menos mais dois reforços. Um meia e um atacante de área. A dificuldade em trazê-los é grande, pela situação financeira que vive o clube. O presidente Arnaldo Tirone admite a dificuldade, mas não joga a toalha. "Estamos atentos ao mercado e não vamos desistir" garantiu. O meia Barboza, do Paulista, chegou a ser comentado no clube e pode chegar depois do Estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.