Felipão já tem seu time pronto na cabeça

Treinador garante que nove, dos 11 titulares, estão definidos para a disputa da Copa das Confederações em junho

ALMIR LEITE , ENVIADO ESPECIAL / LONDRES, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2013 | 02h05

Luiz Felipe Scolari saiu dos amistosos contra Itália e Rússia com a maior parte do grupo de jogadores que defenderão a seleção na Copa das Confederações definida. Ele já tem na cabeça nove dos 11 titulares e só vai mudar de ideia caso um deles se machuque, caia vertiginosamente de produção no clube em que joga ou então se surgir alguém que arrebente nas próximas semanas.

As dúvidas de Felipão estão no meio de campo e no ataque, mais especificamente em relação a um dos volantes e ao jogador que vai atuar inicialmente pelo lado do setor ofensivo.

O goleiro Julio Cesar; os defensores Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; o volante Fernando; o meia Oscar; e os atacantes Fred e Neymar estão com as camisas de titulares nas mãos.

Hernanes, embora elogiado pelo treinador, pode ser preterido por Paulinho ou Ramires. Ambos não puderam participar dos amistosos por estarem contundidos. Mas terão de mostrar maior aptidão defensiva se quiserem pleitear lugar na equipe.

A outra dúvida está na frente. Hulk foi mal contra a Itália, entrou bem contra a Rússia e agrada a Felipão por saber jogar pelos lados do ataque. Lucas, cortado dos amistosos por contusão, ganhou pontos por se juntar ao grupo em Londres por vontade própria, vai bem no lado direito.

Outras opções são Kaká, apesar de ter decepcionado e até irritado o treinador nos amistosos, e Ronaldinho Gaúcho. Mas aí ele teria de mexer na função de Oscar, deslocando-o para o lado direito do ataque, algo que não está convencido de que deva fazer como regra, mas, sim, como situação de jogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.