Felipão: ''Não estou contente comigo''

Treinador palmeirense lamenta pontos perdidos e diz que seu time está em situação parecida com a do São Paulo

Daniel Akstein Batista, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2010 | 00h00

Como prometido, Luiz Felipe Scolari tem evitado criticar publicamente os atletas palmeirenses. Isso não quer dizer que ele esteja completamente satisfeito com a situação do time. Ou com seu trabalho.

"Estou contente por ter antecipado em seis meses minha volta ao Brasil", disse. "Mas não estou contente comigo mesmo, porque perdemos alguns jogos e, com esses pontos, poderíamos estar entre os cinco primeiros colocados. Espero não ter essa insatisfação até o final do ano."

Felipão não fala em favoritismo no clássico de amanhã. Para ele, Palmeiras e São Paulo estão em iguais condições, e não apenas na tabela de classificação - seu time tem um ponto a mais do que o rival. "As duas equipes buscam afirmação e estilo de jogo", comparou o treinador. "E estão longe do desejado."

O ataque alviverde no Pacaembu deve ser formado por Ewerthon e Tadeu - Kleber está suspenso e Valdivia, ainda sem o mesmo ritmo dos companheiros, vai seguir no banco de reservas. "O Tadeu tem entrado com esforço e vai fazer o seu melhor", acredita Felipão. Pierre será o substituto de Edinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.