LeBron lava a alma com título do Heat

LeBron James tirou dos ombros um peso equivalente ao da American Airlines Arena, ginásio do Miami Heat, na noite de quinta-feira. Com a vitória por 121 a 106 sobre o Oklahoma City Thunder, a equipe da Flórida fechou por 4 a 1 a série final da NBA e o astro finalmente deixou para trás a fama de se encolher nos momentos decisivos.

O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2012 | 03h07

LeBron passou anos acumulando decepções, como os vice-campeonatos em 2007 (pelos Cavaliers) e no ano passado (pelo Heat). Cada derrota sua era um deleite para os detratores, que não são poucos.

A aversão de muitos fãs da NBA a LeBron é consequência da imagem arrogante que ele deixou no ar desde que chegou à liga. LeBron lembrou de tudo isso depois do jogo de quinta-feira, em que brilhou com um triplo duplo (números de dois dígitos em três fundamentos): 26 pontos, 13 assistências e 11 rebotes. "Doeu muito quando me chamaram de egoísta, algo que jamais fui. Sempre penso na equipe acima de tudo", disse ele. "O título prova que havia uma razão superior para eu vir para o Heat. Era a chance de ser campeão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.