Felipe: ''Agora é só eu não sofrer gols''

Goleiro usa frase do colega Fábio Costa, em 2007, como motivação

, O Estadao de S.Paulo

20 de abril de 2009 | 00h00

Ser campeão invicto já mexe com a cabeça dos corintianos. Desde 1973, com o Palmeiras, um time não consegue erguer a taça no Estado sem derrota. O Corinthians tem a possibilidade agora. Basta não sofrer mais gols, já que joga por dois empates. Ou seja, a decisão pode estar nas mãos do goleiro Felipe, que guardou uma frase proferida em 2007, nas semifinais do Paulista, quando defendia o Bragantino diante do Santos."O Fábio Costa me disse: ?espero que ninguém sofra gols?. Se os dois jogos terminarem 0 a 0 está bom", lembra. Foi o que ocorreu, com o time da Vila indo à decisão por ter melhor campanha. "Agora, direi o mesmo para ele. Basta eu não sofrer gols que seremos campeões."Felipe encarou ontem uma decisão para valer desde a perda da Copa do Brasil para o Sport. Esperava por duelos decisivos para apagar a má impressão deixada dez meses antes. Conseguiu. "Fui bem, tive umas três ou quatro intervenções importantes e, de quebra, ainda trouxemos a Taça dos Invitos para a gente."O São Paulo ficou 20 jogos sem perder em 2007. O Corinthians chegou ontem a 21."É muito bom ter a possibilidade de ganhar invicto. Mas temos de respeitar o Santos, que tem uma grande equipe", advertiu o zagueiro Chicão.Ele e seus companheiros adotaram um discurso de total respeito ao rival, de quem ganharam por 1 a 0 na primeira fase. "Agora é decisão e eles cresceram bastante", adverte Mano.Após bela apresentação, Douglas resolveu colocar ponto final em uma polêmica que vinha desde a famosa balada de Ronaldo em Presidente Prudente. "Lógico que eu tomo minha cervejinha. Mas falaram muita besteira naquele churrasco", advertiu o meia. "Disseram que cheguei depois do horário, com mulher, que estava com o Ronaldo... Tenho a consciência tranquila e espero seguir ajudando o time."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.