Félix Sánchez é bicampeão nos 400m com barreiras

O dominicano Félix Sánchez confirmou o favoritismo nesta segunda-feira e venceu os 400 metros com barreira, nos Jogos de Londres. Ele marcou o tempo de 47s63 e se sagrou bicampeão olímpico - também venceu em Atenas/2004.

AE, Agência Estado

06 de agosto de 2012 | 18h43

Com a vitória, o atleta confirmou sua reabilitação na prova, após decepcionar nos Jogos de Pequim. Há quatro anos, ele fora eliminado ainda nas primeiras disputas. O dominicano acumula ainda dois títulos mundiais.

A medalha de prata ficou com o norte-americano Michael Tinsle, com 47s91, e o bronze foi para o porto-riquenho Javier Culson, com 48s10.

A República Dominicana também brilhou nesta segunda-feira na final dos 400 metros rasos. Com apenas 18 anos, o jovem Luguelin Santos, campeão mundial júnior, faturou a medalha de prata, com o tempo de 44s46.

Só ficou atrás do granadino Kirani James, atual campeão mundial da distância, com 43s94. O bronze foi para Lalonde Gordon, de Trinidad e Tobago - 44s52.

Na final da prova feminina dos 3.000 metros com obstáculos, o destaque foi a russa Yuliya Zaripova, medalha de ouro. Atual campeã mundial, ela confirmou o favoritismo com o tempo de 9min06s72. A prata ficou com a tunisiana Habiba Ghribi, com 9min08s37. O bronze foi conquistado pelo etíope Sofia Assefa, com 9min09s84.

A grande decepção da prova foi a russa Gulnara Galkina. Campeã olímpica em Pequim/2008 e recordista mundial da prova, com 8min58s81, a corredora sentiu uma lesão e abandonou a prova durante a disputa.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaatletismoFélix Sánchez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.