Fernandão aparece de surpresa e decide

Atacante não estava relacionado para a partida até Maikon Leite ser vetado. Aí ele entrou [br]e fez o gol da vitória

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2011 | 00h00

A surpresa de Luiz Felipe Scolari se tornou solução no clássico de ontem. O atacante Fernandão, que sequer foi apresentado oficialmente pelo Palmeiras, entrou para marcar o gol da vitória no clássico e saiu coroado pelos companheiros.

E pensar que ele nem iria jogar. Na lista dos relacionados para o jogo, Fernandão não aparecia. Mas Maikon Leite se machucou e Felipão resolveu chamá-lo às pressas. Frieza à parte, a contusão do atacante foi benéfica para o time.

Fernandão era só alegria no final do jogo. "Foi maravilhosa a estreia. Agora é dar continuidade para ajudar o Palmeiras. Vou trabalhar e me doar para jogar."

O carioca Fernandão, de 1,91m, tem 24 anos e começou sua carreira no América do Rio. Teve uma rápida passagem pelo Flamengo, em 2008, onde jogou pouco. No ano seguinte foi para o Maccabi Haifa, de Israel, e ainda em 2009 se transferiu para o Volta Redonda. No ano passado jogou pelo Paysandu e neste ano foi contratado pelo Guarani para disputar o Paulistão.

Kleber, um dos jogadores que mais tem sofrido com a ausência de um centroavante, saiu contente com o que viu. "Quando temos uma referência na área fica mais fácil. Ganhamos uma opção que é a bola pelo alto."

Tranquilidade. O goleiro Marcos destacou a importância de Fernandão estrear marcando em um clássico. "Esse gol vai dar maior tranquilidade para ele trabalhar e até para se acostumar com o time, já que nem treinamos com ele. Está de parabéns pela estreia", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.