Fernandinho e Assunção vão sofrer cirurgia

A situação do Palmeiras não está ruim apenas dentro de campo e as notícias são péssimas para o técnico Luis Felipe Scolari. Na manhã de hoje, Marcos Assunção passará por uma artroscopia no joelho direito e ficará um mês parado. Quem também estará na mesa de cirurgia hoje é o lateral-esquerdo Fernandinho, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e terá de repousar por até oito meses.

DANIEL AKSTEIN BATISTA, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2012 | 03h09

Assunção sofre com dores no joelho desde a disputa da Copa do Brasil. O procedimento cirúrgico vinha sendo evitado, mas os tratamentos realizados não surtiram efeito e o jogador chegou até a fazer infiltração no joelho para poder entrar em campo em algumas partidas. O volante nem foi relacionado para o jogo de anteontem, na derrota para o Atlético-GO (2 a 1), em Goiânia.

A situação de Fernandinho é mais greve. Ele se machucou no treino de sábado e foi cortado da delegação que viajou para Goiás. A lesão é bem parecida com a que Wesley sofreu no início de abril.

Fernandinho chegou a atuar como meia na equipe, enquanto Valdivia se recuperava de lesão na coxa. Como o atleta não vai mais jogar nesta temporada, o Palmeiras vai inscrever o volante Correa em seu lugar na Copa Sul-Americana, desde que o time consiga a classificação amanhã contra o Botafogo - a mudança de jogador só pode ser realizada antes do início de uma das fases da competição.

Felipão está sofrendo para armar a equipe e amanhã, no Engenhão, pode repetir a formação com três zagueiros, com Román, Maurício Ramos e Leandro Amaro, que entraria no lugar de Thiago Heleno - o jogador também se machucou contra o Atlético-GO e, com dores na virilha, pode nem viajar com o elenco para o Rio. Artur e Márcio Araújo continuam fora do time.

"Temos muitos problemas, mas não podemos falar muito disso. Temos de continuar com o nosso trabalho", disse o atacante Barcos, autor dos últimos sete gols do Palmeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.