Fernandinho volta a treinar e deve ser titular do Grêmio contra o Flamengo

O atacante Fernandinho será uma das apostas do técnico Renato Gaúcho para encarar o Flamengo nesta quarta-feira, em Brasília, pela estreia da Copa da Primeira Liga. Recuperado de contusão, o jogador deverá ser escalado no time reserva que o treinador tricolor levará a campo no Mané Garrincha.

Estadao Conteudo

07 Fevereiro 2017 | 13h50


Esta será a primeira oportunidade como titular para Fernandinho no ano. Ele foi um dos destaques na estreia do Grêmio no Campeonato Gaúcho, ao marcar o segundo gol do triunfo por 2 a 0 sobre o Ypiranga, mas vindo do banco. Durante um treino na semana passada, no entanto, torceu o tornozelo e foi desfalque na derrota de domingo para o Caxias.


Fernandinho também havia ficado de fora do treino de segunda-feira e era peça praticamente descartada para enfrentar o Flamengo, mas sua recuperação surpreendeu, ele trabalhou normalmente no campo nesta terça e enfrentará seu ex-clube, onde teve papel relevante no Campeonato Brasileiro do ano passado.


O atacante será a única novidade em relação ao time esboçado na última segunda e será escalado na vaga de Machado. O Grêmio entrará em campo para pegar o Flamengo com: Bruno Grassi; Léo Moura, Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Arthur, Michel e Kaio; Fernandinho, Everton e Miller Bolaños.


A atividade desta terça foi acompanhada de perto pelo preparador de goleiros da seleção brasileira, Taffarel, que esteve no Inter na segunda. O atacante Pedro Rocha alegou dores no pé esquerdo e deixou o treino mais cedo, mas a princípio não preocupa para o confronto do fim de semana contra o Passo Fundo, domingo, na Arena.


Renato Gaúcho relacionou 20 atletas para enfrentar o Flamengo. São eles: Arthur, Bressan, Bruno Grassi, Bruno Cortez, Dida, Everton, Fernandinho, Iago, Jael, Kaio, Léo Moura, Lincoln, Lucas Rex, Machado, Maxi Rodríguez, Michel, Miller Bolaños, Rafael Thyere, Ty e Wallace Oliveira.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.