Ferrari de Massa pega fogo em Valência

Vazamento de óleo causou o princípio de incêndio, mas foi apenas susto. Brasileiro fechou o dia com 5º melhor tempo

Livio Oricchio, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2011 | 00h00

A pré-temporada começou com um susto para Felipe Massa, ontem, em Valência. Depois de apenas 12 voltas na pista, um vazamento de óleo causou princípio de incêndio na sua nova Ferrari F150. O fogo foi controlado e, com o mesmo carro, horas mais tarde, Massa conseguiu completar outras cerca de 70 voltas no circuito Ricardo Tormo. Sua preocupação maior foi conhecer melhor o comportamento da Ferrari com os pneus Pirelli, novidade este ano na Fórmula 1, e adaptar-se aos novos comandos existentes no volante, o que tem gerado crítica de pilotos e dirigentes das equipes.

Massa ficou com 5º o tempo, dentre os 11 pilotos que testaram na Espanha. "Foi uma pena ter tido esse problema. O importante é que a F150 parece ser confiável", disse. O mais veloz, ontem, foi o polonês Robert Kubica, da Lotus Renault, com 1min13s144 (95 voltas). É grande a expectativa com relação ao novo carro da Lotus Renault por adotar um sistema de escapamento de emite os gases para as laterais do carro e não para trás. Caso demonstre garantir grande vantagem à escuderia, os concorrentes vão tentar copiar.

Outro piloto de interesse maior, ontem, era Mark Webber, da Red Bull. Com Sebastian Vettel no comando, o modelo RB7 deixou excelente impressão no 1º dia de treinos em Valência, segunda-feira. Webber deu 105 voltas na pista de 4.005 metros. Como parava no box e não reabastecia, seu tempo sugere ser expressivo, pois provavelmente foi obtido com elevado volume de gasolina. Já Michael Schumacher afirmou não estar preocupado com o fato de ter registrado 1min14s537 (110 voltas), 9º tempo, com a nova Mercedes. "Quando chegarmos em Bahrein (abertura do calendário, dia 13 de março) saberemos quem está na frente."

Os carros voltam à pista de 10 a 13, no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. A McLaren treinou até agora apenas com o modelo do ano passado, destinado a registrar informações sobre os novos pneus. Hoje, em Berlim, lança o novo carro de Lewis Hamilton e Jenson Button.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.