Festa do Super Bowl acaba em morte

A conquista do título da 38ª edição do Super Bowl pelo New England Patriots, na madrugada desta segunda-feira, depois de vencer o Carolina Panthers por 32 a 29, em Houston, gerou uma onda de violência desmedida nas comemorações da sua fanática torcida, que acabou em morte. O time campeão representa quatro estados da região nordeste e foi em Boston, capital de Massachussetts, que as manifestações atingiram seu climax.Vários carros foram virados e destruídos pelos torcedores, além de fogueiras terem sido acesas, especialmente da região central da cidade, caracterizada pelas ruas que cercam a Boston?s Simphony Road. O morto é um estudante com idade estimada de 21 anos, atropelado por um dos manifestantes, Stanley Filoma, de 24 anos, que atingiu com seu carro três outras pessoas, dentre eles um policial. Vários torcedores foram presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.