Festa no Soccer City: finalmente rola a bola

Festa no Soccer City: finalmente rola a bola

Rio Michabela jogou futebol por alguns clubes da África do Sul nos anos 80 e 90. Nunca foi lá essas coisas. Ontem, porém, entrou para a história do país, aos 49 anos. Fez o primeiro gol da "fase moderna"" do Soccer City, o mais importante estádio da Copa do Mundo de 2010, enfim inaugurado oficialmente.

, O Estadao de S.Paulo

27 de março de 2010 | 00h00

E foi um golaço. Michabela completou de meia-bicicleta cruzamento da direita na partida em que seu time, o África Legends, goleou o Concillior por 9 a 3. A vitória do Legends era mais do que esperada. O time foi formado por ex-jogadores. O adversário era um amontoado de vereadores sul-africanos.

Os organizadores da Copa do Mundo passaram as últimas semanas repetindo que o Soccer City seria inaugurado com jogos entre times formado por operários que trabalharam as obras de reforma (ou reconstrução, pois as mudanças foram muitas) do estádio. Eles tiveram mesmo vez. Mas os políticos não perderam a oportunidade de entrar em campo, por isso o jogo com os ex-atletas.

Michabela estava superfeliz com a notoriedade. "Nunca é tarde para fazer história. É uma honra ter feito o primeiro gol do Soccer City"", disse, reivindicando em seguida o "bicho"" tanto pelo gol como pela vitória de seu time: gostaria de ganhar um ingresso para voltar ao estádio dia 11 de junho e assistir à partida inaugural da Copa, entre África do Sul e México.

O Comitê Organizador resolveu apresentar o estádio que custou R$ 764 milhões numa sexta-feira por causa do "Football Day"", dia em que, semanalmente, ocorrem vários eventos esportivos com o objetivo de atrair os sul-africanos e motivá-los a demonstrar apoio à Copa. Não deu muito certo, porém. Apenas 5 mil pessoas foram até o Soccer City acompanhar de perto o "festival"" de futebol. Eram esperados 30 mil fãs.

Estádios prontos. Ontem também foi encerrada a inspeção da Fifa nos 10 estádios da Copa. Danny Jordaan, presidente do Comitê Organizador. disse no Soccer City que estão todos liberados. "Podemos dizer com confiança que cumprimos nossa promessa de ter 10 estádios de nível mundial"", disse. "E inclusive os entregamos (à Fifa) meses antes de começar o torneio."" A entidade não se pronunciou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.