Festa reúne velejadores da Eldorado-Brasilis

Velejadores das cinco edições da Eldorado-Brasilis, maior regata de vela oceânica do Brasil e realização da Rádio Eldorado, com 1.260 milhas náuticas (2.336 quilômetros no percurso Vitória-Trindade-Vitória), reuniram-se na quarta-feira à noite no Jockey Club para comemorar o recorde da prova, estabelecido pelo barco "Oi/Nokia/Sorsa", do campeão olímpico Eduardo Penido.A regata foi realizada em janeiro e o recorde pertencia ao "Touché/Banco Safra", de Ernesto Breda, desde 2001 (181h49min). O "Sorsa" cumpriu a prova em 174h7min48s.Eduardo Penido não compareceu ao evento, porque embarcaria para San Martin. Foi representado por Alexandre Haddad, diretor do programa Mar Brasil, da ESPN Brasil, e tripulante do "Sorsa". "É uma grande satisfação representar o Penido, um grande comandante e que sabe tudo de barco. Além disso, estou feliz porque sou o único tricampeão da regata", comemorou Haddad, que velejou com os barcos "V-Max" em 2002 e "Vó Zizinha" no ano passado.O troféu foi entregue por Murillo Novaes, assessor de Lars Grael, secretário estadual da Juventude, Esporte e Lazer.O ex-recordista Ernesto Breda comemorou a nova marca estabelecida por Penido: "É uma honra passar o troféu para um barco como o dele. O recorde está em boas mãos." Breda faz planos para voltar à Eldorado-Brasilis no ano que vem, mas não com o mesmo barco. "Quando competi em 2001 com o ?Touché?, já havia realizado duas travessias do Atlântico (da Cidade do Cabo, na África do Sul, ao Rio de Janeiro) com ele, um barco de 1989. Se eu conseguir uma barco maior - ou seja, mais rápido, vou voltar à Eldorado-Brasilis e buscar outro recorde", assinalou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.