Reprodução
Reprodução

Fifa criará 12 mil vagas no setor de alimentação na Copa do Mundo

Interessados podem se candidatar através do site www.querovestiracamisa.com

Agência Estado

06 de fevereiro de 2014 | 14h52

ZURIQUE - A Fifa anunciou nesta quinta-feira que criará 12 mil vagas temporárias para trabalhadores brasileiros na área de alimentação durante a Copa do Mundo deste ano, que acontecerá no País. Os funcionários que forem selecionados trabalharão nos bares e lanchonetes dos 12 estádios que sediarão a competição.

De acordo com o comunicado oficial divulgado no site da entidade, os interessados podem começar a se candidatar já nesta quinta, com prazo máximo até o dia 31 março. As vagas estão abertas nas áreas de supervisão e coordenação, caixas e vendedores. Ao final do Mundial, os candidatos contratados receberão um certificado de participação comprovando a experiência de trabalho.

"Juntamente com o programa de voluntariado, será uma das maiores iniciativas de recrutamento da Copa do Mundo", destacou o diretor da CSM Catering, empresa responsável pelo processo, Mauro Correa. "Estamos felizes por proporcionar a tantos brasileiros a oportunidade de vivenciar esse evento incrível."

Após a inscrição, o processo de seleção será realizado em março e abril. Os interessados precisam ter mais de 18 anos, e para concorrer a uma vaga basta se inscrever pelo site www.querovestiracamisa.com.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolFifaCopa do Mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.