Fifa escala a Amazônia e o Pantanal para a Copa de 2014

Duas das sedes na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, deverão estar situadas na região pantaneira e na Amazônia. A informação foi dada ontem, pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, após encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, no Palácio do Planalto. "Confirmamos ao presidente Lula que, nos dias 19 e 20 de março, a Fifa vai escolher 12 cidades que organizarão a Copa", disse. De acordo com o ministro do Esporte, a decisão foi tomada com a determinação de que as regiões amazônica e do Pantanal sejam contempladas. "Eles (da Fifa) acreditam que com 12 cidades podemos garantir a participação dessas regiões", disse Orlando Silva. Com isso, é certo que a escolha recairá por Belém (PA) ou Manaus (AM) e Campo Grande (MS) ou Cuiabá (MT). Hoje começam as visitas da comissão técnica da Fifa a todas as 17 cidades candidatas a sede.O governo federal anunciou recentemente corte de 94,5% no orçamento do Ministério do Esporte, o que pode causar impactos sobre o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e o Comitê de Candidatura do Rio para as Olimpíadas de 2016 (Co-Rio). A redução pode atingir também os programas Bolsa Atleta e Segundo Tempo. Apenas os recursos para as obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014, vindos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), não serão afetados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.