Fifa exige estádios prontos até dezembro

Aldo Rebelo, ministro do Esporte, esteve ontem na sede da Fifa, na Suíça, para se encontrar com o presidente da entidade, Joseph Blatter, e o secretário-geral Jérôme Valcke. E ouviu da dupla uma cobrança: os 12 estádios que serão usados na Copa do Mundo de 2014 precisam estar prontos até o mês de dezembro.

ZURIQUE, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2013 | 02h07

Os três falaram com a imprensa depois do encontro, o que deu a Blatter e Valcke uma ótima oportunidade para fazer os papéis de que mais gostam. Como sempre, o presidente da Fifa foi só elogios ao Brasil e disse ter certeza de que todos os prazos serão cumpridos. E, como sempre, coube ao secretário geral fazer o "serviço sujo", ou seja, tornar públicas as cobranças.

"Concordamos que o prazo de dezembro de 2013 é essencial para a preparação do Mundial", disse Valcke. "Nós precisamos de tempo para nos prepararmos para receber os milhares de jornalistas e torcedores em junho de 2014, para que todas as instalações e estruturas possam ser plenamente utilizadas."

Apesar dos muitos elogios ao governo brasileiro, Blatter e Valcke sabem que há risco de alguns estádios não estarem prontos em dezembro. Um caso muito preocupante é o de Cuiabá, que viu o consórcio de empreiteiras que toca as obras da Arena Pantanal ser reduzido a apenas uma empresa, o que pode atrasar consideravelmente os trabalhos, como admite o governo estadual. E a situação do Itaquerão, evidentemente, também inquieta os dirigentes da Fifa.

Rebelo, como sempre, tentou exibir otimismo. "Nós, do governo federal, reafirmamos o compromisso de termos os estádios prontos até dezembro, conforme combinado com a Fifa."

No encontro, ficou decidido que o sorteio dos grupos da Copa do Mundo será realizado no dia 6 de dezembro, na Costa do Sauipe, litoral da Bahia.

Além disso, a Fifa informou que em 1.º de julho, dia seguinte ao da final da Copa das Confederações, vai anunciar os preços e o esquema de venda dos ingressos do Mundial. Segundo Valcke, os preços serão parecidos com os da Copa da África do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.