Fifa oferecerá entrega em domicílio de ingressos da Copa de 2014

Entidade visa evitar problemas na retirada das entradas para os jogos, como nas Confederações

ALMIR LEITE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 10h53

SÃO PAULO - A Fifa anunciou na manhã desta segunda-feira, em evento realizado no novo estádio do Corinthians, palco do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014, que irá disponibilizar o serviço de entrega em domicílio dos ingressos vendidos para a competição. A comercialização dos bilhetes será iniciada nesta terça, por meio do site oficial da entidade que comanda o futebol mundial, a partir das 7 horas (de Brasília).

Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa, confirmou a novidade que visa proporcionar mais comodidade aos torcedores de todo mundo, depois dos seguidos problemas de retirada dos bilhetes para as partidas da última Copa das Confederações, realizada na segunda metade de junho, no Brasil.

Além disso, Weil confirmou que a Fifa irá abrir um maior número de postos de retiradas de entradas aos torcedores que escolherem não usar o serviço de delivery. "Nós aprendemos com a Copa das Confederações e, para melhorar o sistema de vendas, decidimos abrir mais centros de distribuição de ingressos e em locais de fácil acesso à população. Além disso, esses centros serão abertos mais cedo - a intenção é que estejam funcionando desde 15 de abril, pensando sobretudo na população brasileira", disse o dirigente, para depois completar: "Os torcedores terão a oportunidade de escolher entre recolher os ingressos nos centros de distribuição ou para recebê-los em suas casas, em qualquer lugar do mundo".

A Fifa não revelou nesta segunda-feira os valores das taxas que serão cobradas pela entrega em domicílio e também explicou que este serviço não será disponibilizado para os compradores de ingressos com descontos (meia-entrada), pois os torcedores que adquirirem esta categoria de bilhete devem apresentar documentos para confirmar essa condição, proporcionada ao cidadãos com mais de 60 anos, estudantes e beneficiários do programa Bolsa Família.

Essa primeira fase de venda de ingressos da Copa de 2014 começará nesta terça-feira e irá até 10 de outubro, sendo que os mesmos poderão ser retirados a partir de 15 de abril. A Fifa também fez questão de esclarecer que, nesta fase de vendas, não terá importância a data de solicitação dos bilhetes, pois todos os pedidos serão reunidos e processados conjuntamente ao final desta etapa de comercialização.

Neste estágio das vendas, se o número de solicitações recebidas por jogo e categoria exceder a quantidade de ingressos disponíveis, será feito um sorteio para determinar os compradores que serão contemplados. Ou seja, não terá uma vantagem quem comprar as entradas primeiro.

A entidade que controla o futebol mundial também informou que nesta fase inicial de vendas deverão ser disponibilizados cerca de um milhão de ingressos, dos quais aos menos 300 mil serão da categoria 4, oferecidos prioritariamente a cidadãos com mais de 60 anos, estudantes e beneficiários do Bolsa Família.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa de 2014futebolingressos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.