Figueirense
Figueirense

Figueirense derrota Sampaio Corrêa e dorme na vice-liderança da Série B

Time catarinense festejou o aniversário de 97 anos com vitória no Estádio Orlando Scarpelli e agora tem 20 pontos na competição

Estadao Conteudo

12 Junho 2018 | 22h42

O dia foi de comemoração para o Figueirense. O clube catarinense festejou o aniversário de 97 anos com a vitória para cima do Sampaio Corrêa por 1 a 0, em partida realizada nesta terça-feira, 12, no Estádio Orlando Scarpelli, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. De quebra, assumiu provisoriamente a vice-liderança.

+ Veja a classificação da Série B

+ Goiás vence Londrina e deixa a zona de rebaixamento da Série B

O Figueirense aumentou sua série invicta para cinco jogos e agora soma 20 pontos na tabela de classificação, três a menos do que o líder Fortaleza. Já o Sampaio caiu para a 12ª posição, com 14, desperdiçando assim a oportunidade de encostar no G4.

O Sampaio Corrêa foi até Florianópolis com uma postura defensiva, apostando em um contra-ataque para surpreender. Mas teve que mudar a postura logo no início do jogo. Aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de João Paulo, Cleberson disputou com o zagueiro adversário e viu a bola sobrar limpa para Nogueira. O defensor encheu o pé para abrir o marcador.

Após o gol, o Figueirense se acomodou e só não sofreu o empate pois Denis fez grande defesa no chute de Bruninho. A partir daí, o time catarinense só assustou na bola parada. Na cobrança de falta de Zé Antônio, Andrey rebateu. Cleberson ficou com a sobra, mas parou novamente no goleiro do Sampaio.

A expulsão de Zé Antônio, aos 46 minutos, após carrinho frontal em cima de Bruninho, poderia ter atrapalhado muito o Figueirense na volta para a etapa final. Mas o clube catarinense entrou mais compacto, acabou contendo os avanços do Sampaio e inclusive criou as melhores oportunidades, apesar de ter menos volume de jogo.

O lance que mais animou os torcedores, porém, foi um tombo do técnico Milton Cruz, que se levantou rapidamente sob aplauso das arquibancadas. Só aos 21 minutos que André Luis apareceu livre para ampliar, mas parou em Andrey.

O Sampaio aproveitou o recuo do Figueirense para fazer uma blitz em torno da área rival, mas não conseguiu a infiltração. O embalo acabou diminuindo com a expulsão de Rodrigo Fumaça. Com dez de cada lado, o clube catarinense administrou o resultado para confirmar a vitória.

Na próxima rodada, durante a própria Copa do Mundo, o Figueirense visita o Coritiba no dia 23 de junho (sábado), às 18h30, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. No mesmo dia, às 19 horas, o Sampaio Corrêa pega o Atlético Goianiense no Castelão, em São Luís.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 1 X 0 SAMPAIO CORRÊA

FIGUEIRENSE - Denis; Diego Renan, Cleberson, Nogueira e Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, João Paulo (Eduardo Bauermann), Gustavo Ferrareis, Renan Mota (Pereira) e Jorge Henrique; Henan (André Luis). Técnico: Milton Cruz.

SAMPAIO CORRÊA - Andrey; Bruno Moura, Maracás, Joécio e Alyson; William (Alexandro), Diego Silva e Danielzinho (Esquerdinha); Wellington Rato, Uilliam e Bruninho (Rodrigo Fumaça). Técnico: Roberto Fonseca.

GOLS - Nogueira, aos cinco minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

CARTÕES AMARELOS - Cleberson, Denis, Pereira e Gustavo Ferrareis (Figueirense); Alyson, Bruno Moura e William (Sampaio Corrêa).

CARTÕES VERMELHOS - Zé Antônio (Figueirense); Rodrigo Fumaça (Sampaio Corrêa).

RENDA - R$ 74,372,00.

PÚBLICO - 4.172 pagantes.

LOCAL - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.