Figueirense para na retranca do Bragantino

O Figueirense insistiu o máximo que pôde, mas falhou na missão de furar a retranca do Bragantino, nesta terça-feira à noite, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O empate sem gols não mudou a situação das equipes na tabela de classificação.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 23h33

Integrante do G-4, o Figueirense saltou para 49 pontos e continua na terceira posição. Coritiba, com 56, América-MG e Bahia, também com 49, fazem companhia no grupo de acesso aos catarinenses, que não vencem há duas rodadas. Por outro lado, o Bragantino tem 34 pontos, cinco à frente do Santo André, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Com o apoio da torcida, o Figueirense criou as principais chances no primeiro tempo. Quem esteve mais próximo de marcar foi Willian, aos seis minutos. O atacante chutou por cobertura, mas Marco Aurélio salvou em cima da linha.

Ainda no primeiro tempo, aos 43 minutos, Rodriguinho recebeu lançamento, bateu forte e forçou grande defesa de Ricardo, substituto do titular Wilson, contundido, no Figueirense.

No segundo tempo, as chances rarearam. A melhor delas saiu do pé esquerdo de Fernandes, aos oito minutos. O meia recebeu de Maicon e arriscou finalização forte da entrada da área, mas foi travado pela defesa.

O Bragantino, satisfeito pelo empate fora de casa e contra um dos favoritos a uma vaga na Série A, se defendeu durante todos os 45 minutos finais. Aos 37 minutos, André Astorga foi expulso por falta violenta e forçou o time paulista a marcar ainda mais e impedir o gol do

Figueirense, apesar da pressão.

Os dois times atuam novamente nesta semana, no sábado. Fora de casa, o Figueirense visita o Santo André, no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, às 16h. Mais tarde, às 21h, o Bragantino recebe o América-RN, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA:

Figueirense 0 x 0 Bragantino

Figueirense - Ricardo; Bruno (Vinícius Pacheco), João Paulo, Roger Carvalho e Juninho; Baraka, Túlio, Maicon e Fernandes (Hélder); Roberto Firmino e Willian (Tássio). Técnico - Márcio Goiano.

Bragantino - Gilvan; Everaldo, André Astorga e Marcos Aurélio; Nego (Júlio César), Éder Silva, Adriano, Marcelinho (Éder) e Maurin (Diego); Rodriguinho e Juninho Quixadá. Técnico - Marcelo Veiga.

Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG).

Cartões amarelos - Maicon, Tássio, Éder Silva, Maurin, Nego, Júlio César e Juninho Quixadá.

Cartão vermelho - André Astorga.

Renda e público - não disponíveis.

Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
Série BFigueirenseBragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.