Filho de Bebeto vai para a Itália

Um dos mais promissores jogadores surgidos na Gávea nos últimos anos, o meia Mattheus vai deixar o Flamengo. Seduzido por uma ótima proposta salarial da Juventus, o filho de Bebeto se recusa a renovar o contrato.

RIO , O Estado de S.Paulo

15 de março de 2013 | 02h07

Os italianos oferecem R$ 5 milhões ao clube rubro-negro para ter Mattheus antes do fim do ano, quando se encerrará o contrato do garoto de 18 anos. Em dezembro, o meia estaria livre para se transferir sem retorno financeiro ao Flamengo.

"Não houve acordo para uma renovação, passei o assunto para o vice-presidente de futebol (Wallim Vasconcellos) e o clube precisa vender para não ficar sem nada", disse Paulo Pelaipe, diretor de futebol rubro-negro.

Mattheus poderia ser uma opção para o meio de campo flamenguista, foco de dúvidas por causa da derrota de virada para o Resende, na quarta-feira.

O técnico Dorival Júnior, depois de um início de ano animador, começa a ser visto com desconfiança. Ele não era o nome preferido da nova diretoria e foi mantido no cargo principalmente por ter contrato até o fim do ano - sua saída antes disso custaria caro para o clube.

A permanência de Dorival no cargo, no entanto, está ligada ao desempenho no Campeonato Carioca. O fato de Mano Menezes estar sem clube é um outro fator a colocar o treinador contra a parede. "Pressão faz parte do dia a dia. Há dez dias éramos a equipe sensação. Hoje, é pressão. Nós, profissionais, caminhamos de uma outra maneira, conscientes de que nem tudo está muito bom e nem tudo virou caos", comentou Dorival.

O treinador não gostou nem um pouco das muitas críticas à sua decisão de escalar na quarta-feira Alex Silva, que vinha de um longo período de inatividade, ao lado de González, outro zagueiro de pouca mobilidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.