Filho diz que Samaranch passou mal após jogo de Nadal

Os últimos momentos de consciência de o espanhol Juan Antonio Samaranch foram gastos assistindo uma partida de tênis, em um final emblemático de vida para um dos homens mais poderosos da história dos esportes, revelou Juan Antonio Samaranch Jr., filho do dirigente.

AE-AP, Agência Estado

21 de abril de 2010 | 11h39

O ex-presidente do Comitê Olímpico Internacional morreu nesta quarta-feira, após uma parada cardíaca em um hospital de Barcelona. No domingo, ele assistiu pela televisão o espanhol Rafael Nadal conquistar o título do Masters 1000 de Montecarlo ao derrotar o compatriota Fernando Verdasco.

Juan Antonio Samaranch Jr. revelou que seu pai começou a passar mal após o jogo. "Estava se sentindo bem. Não havia nada fora do comum. Ele assistiu o jogo de Nadal, ele amava tênis, e depois do jogo ele não estava se sentindo bem, então decidimos trazê-lo [para o hospital] por volta das 6 ou 7 da noite", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.