WSL
WSL

Filipe Toledo e Italo Ferreira avançam à semi em Punta Roca; Medina também passa

Gabriel Medina vai decidir vaga em confronto com o americano Griffin Colapinto na etapa de El Salvador

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de junho de 2022 | 22h36

A semifinal da etapa de El Salvador do Circuito Mundial de Surfe, disputada em Punta Roca, terá um duelo brasileiro. Filipe Toledo e Italo Ferreira conseguiram a classificação nas quartas de final nesta quinta-feira e voltarão para a água na sexta, quando irão travar uma disputa para decidir quem avança à final. Gabriel Medina também se classificou e vai decidir a outra vaga em confronto com o americano Griffin Colapinto.

A quinta-feira começou com a disputa das oitavas de final, fase em que outros representantes brasileiros foram limados da competição. Yago Dora, destaque no primeiro dia após impressionar os juízes com um lindo aéreo, ficou pelo caminho ao ser derrotado por Filipinho. Caio Ibelli também caiu nas oitavas, superado por Medina, enquanto Jadson André foi eliminado na repescagem, assim como os irmãos Miguel e Samuel Pupo.

O único brasileiro que passou da repescagem foi Italo Ferreira, que fez uma bateria sólida para superar Josh Burke. Na sequência, foi melhor que o americano Connor O'Leary, seu algoz na etapa anterior, em G-land, para sair das oitavas às quartas. A vaga na semifinal veio em uma disputa acirrada com o australiano Ethan Ewing. O potiguar medalhista olímpico conseguiu uma nota 8,67 nos minutos finais e venceu o adversário ao somar 17,74 contra 14,80.

Adversário de Italo na briga por uma vaga na final, Filipe Toledo, atual número 1 do ranking mundial, teve um caminho um pouco mais tranquilo. Depois de eliminar Yago Dora nas oitavas, anotou 16,67 ao surfar uma onda de 8,17 e outra de 8,50 para conquistar um triunfo sem drama diante de Callum Robson, que anotou apenas 9,80 como nota geral.

Medina, algoz de Caio Ibelli nas oitavas de final, também não sofreu muito. Foi ao mar logo na primeira bateria e fez um apresentação dominante, avaliada com a pontuação final de 12,50 pelos juízes. Jack Robinson, seu adversário, fez apenas 6,50.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.