William West / AFP
William West / AFP

Filipe Toledo perde final da etapa de Bells Beach para John John Florence

Brasileiro começou disputa com vantagem, mas ficou em desvantagem durante bateria final de ondas

Redação, Estadao Conteudo

27 de abril de 2019 | 00h54

Dono de dois títulos mundiais, John John Florence mostrou, mais uma vez, ser um dos grandes nomes do surfe na atualidade. Nesta sexta-feira, 26, o havaiano superou o brasileiro Filipe Toledo na final da etapa de Bells Beach do Circuito Mundial, a segunda da temporada 2019, e assumiu a liderança do campeonato.

A disputa foi emocionante e vencida por Florence por 14,30 a 13,83. E o havaiano só pôde comemorar a conquista depois de encerrada a bateria final, já que Filipinho conseguiu surfar uma boa onda ainda nos últimos segundos. Mesmo assim, a nota 5,90 foi insuficiente para lhe garantir o triunfo.

O brasileiro até começou a disputa final com vantagem, atingindo as notas 6,50 e 7,33. Porém, Florence deu o troco e obteve 6,67 e 7,63 na terceira e quarta ondas surfadas. A sequência foi o suficiente para lhe garantir a vitória, embora o suspense tenha durado até a última onda de Filipinho.

Antes, nas semifinais, o brasileiro havia triunfado em uma disputa bastante equilibrada com o australiano Ryan Callinan, derrotado por 13,40 a 12,84. Já Florence havia derrotado o sul-africano Jordy Smith.

Com a vitória, Florence assumiu a liderança do ranking com 16.085 pontos, deixando para trás Italo Ferreira, que havia vencido a etapa de abertura do campeonato na Gold Coast e agora parou nas quartas de final, chegando aos 14.745. Smith é o terceiro colocado, com 12.170. Logo depois, na quarta e quinta posições, estão os brasileiros Filipinho, com 11.120, e Gabriel Medina, com 9.490.

A próxima etapa do Circuito Mundial será a de Bali, com previsão de realização entre os dias 13 e 25 de maio. Italo foi o campeão do evento em 2018.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeFilipe ToledoJohn John Florence

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.