Fim de campeonato

A Stock Car e a Fórmula Truck, duas das mais importantes categorias do automobilismo brasileiro, definem os seus campeões neste fim de semana. A Truck está em Brasília e a Stock, em Curitiba, onde também serão conhecidos os campeões da Copa Montana e o Mini Challenge, que se tornou uma grande atração logo em seu ano de estreia. A temporada de 2010 termina oficialmente no outro fim de semana com as etapas finais da Porsche GT3 Cup, em Interlagos, e o Racing Festival em Santa Cruz do Sul, que inclui o Trofeo Linea e a Fórmula Future, categorias que também nasceram neste ano. Em 2011 juntam-se a elas a Copa Mercedes e o Campeonato Brasileiro de Marcas, ambos já oficializados, e estão em fase de criação um campeonato só para fuscas Beetle, a Bee Cup, e um torneio de Audi A3.

REGINALDO LEME, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2010 | 00h00

Na Fórmula Truck a decisão de título ocorre entre Roberval Andrade, da Scania, e Felipe Giaffone, da Volkswagen. Giaffone já é bicampeão (2007 e 2009) e, com 17 pontos de vantagem, só precisa chegar em 4.º lugar. Roberval (campeão em 2002) corre com as cores do Corinthians. No campeonato de equipes, a Scania já está fora da briga, que se restringe a Vokswagen e Mercedes.

Na Stock a decisão é bem mais complicada, envolvendo quatro pilotos: Max Wilson, Cacá Bueno, Ricardo Mauricio e Allam Khodair. A forma mais segura para cada um deles é vencer a corrida, mas para Ricardo e Khodair a vitória não basta. Eles dependem ainda dos resultados de Max e Cacá, os dois com chances bem maiores. O título pode ser decidido por meio de uma complicada combinação de resultados, mesmo que nenhum deles vença a corrida.

Na Copa Montana o líder é o paranaense Diogo Pachenki, que já foi campeão quando a categoria era chamada de Stock Light. O líder do Mini Challenge é o baiano Patrick Gonçalves.

O fim de semana passado marcou outras duas decisões de título nos campeonatos da GT3 e GT4. Elas dividiram a pista de Interlagos com a GT1, categoria internacional da FIA que estreou uma etapa brasileira, a penúltima do campeonato que se encerra neste fim de semana na Argentina. Interlagos pode ver e comemorar o que não viu na Fórmula 1 neste ano: uma extraordinária vitória da dupla brasileira Enrique Bernoldi - Xandinho Negrão. A vibração de 22 mil pessoas nas arquibancadas na bandeirada recebida por Xandinho ao fim de uma das melhores corridas que eu vi neste ano lembrou a última vitória de Felipe Massa em Interlagos, em 2008.

O encerramento do Itaipava GT Brasil, além de mostrar uma enorme evolução da competitividade em relação ao ano passado, teve um nível de organização que chamou a atenção dos promotores estrangeiros da GT1, terminando com uma entrega de troféus aos campeões no próprio autódromo em meio a shows musicais de Paulo Ricardo e Tijuana, e um momento de muita emoção das pessoas envolvidas na organização comemorando o trabalho realizado no ano mais importante da categoria que chegou ao Brasil em 2007. A equipe campeã da temporada na GT3 foi a BMG, de Antonio Hermann e Washington Bezerra, que conquistou também o campeonato de pilotos com a dupla Valdeno Brito - Matheus Stumpf. Na GT 4 o campeão foi Walter Rossete.

Para quem pretende assistir à decisão da Stock (11 horas da manhã de domingo na Globo), as possibilidades dos quatro concorrentes ao título podem ser resumidas assim: Max Wilson será campeão se vencer a corrida ou chegar em 2.º, desde que à frente de Cacá Bueno. O mesmo ocorre com Cacá, que pode chegar em 2.º à frente de Max. Com qualquer outro resultado, os dois dependerão de outras combinações. Allam Khodair corre só pela vitória e ainda torce para que Cacá chegue, no máximo, em 4.º e Max em 5.º. Ricardo Maurício também precisa da vitória e que Cacá e Max não cheguem na 2.ª colocação. Mas pode ser campeão até com um 2.º lugar, desde que Max fique do 5.º para baixo, Cacá do 4.º para baixo e Khodair não vença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.