Fina reprova maiôs e recordes estão ameaçados

Várias uniformes foram vetados. Entre eles está um de César Cielo

Valéria Zukeran, O Estadao de S.Paulo

20 de maio de 2009 | 00h00

A Federação Internacional de Natação (Fina) decidiu adotar linha dura na hora de aprovar as roupas de competição. Ontem, a entidade soltou a lista de 202 maiôs liberados, 10 reprovados e outros 136 que terão de passar por adaptações até o dia 19 de junho se quiserem ser homologados a tempo do Mundial de de Roma, em julho. Entre os modelos que ficaram fora da primeira lista de aprovados estão o X-Glide, da italiana Arena, desenvolvido pelo francês Alain Bernard (recordista mundial dos 100 metros livre) e o brasileiro campeão olímpico dos 50 metros, o brasileiro César Cielo. Outro maiô vetado foi o 01 da também italiana Jaked, usado pelo francês Fred Bousquet (recordista mundial dos 50 m livre) e o brasileiro Felipe França (recordista mundial dos 50 metros peito). A maioria das reprovações ocorreu pela presença de neoprene ou poliuretano, materiais que alteram capacidade de flutuação dos atletas na água. A Federação Internacional ainda não definiu se homologará os recordes obtidos por Bousquet, Bernard, França e o espanhol Rafa Muñoz com os maiôs não aprovados.Segundo informações da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, a roupa de cada atleta que participará do Mundial terá de ser inspecionada e etiquetada antes dos eventos. A CBDA promete ajudar os brasileiros ainda sem maiô a adquirir os modelos que pretendem usar no Mundial.A assessora da Arena, Cristina Cantoni, diz que ficou surpresa com a decisão da Fina de não aprovar o X-Glide. "Sabíamos pelo que houve em competição em Dubai que a entidade poderia criar dificuldades com as peças com poliuretano, mas achamos que isso só aconteceria depois do Mundial." Para César Cielo, que ajudou na criação do X-Glide, a proibição não deve ser problema. "Devo usar outro modelo (R-Evolution Plus)", já havia anunciado o campeão, que ainda não se adaptou ao novo traje. COLABOROU AMANDA ROMANELLIRECORDES SOB RISCO Alain Bernard (FRA) 100 metros livre - 46s94 Fred Bousquet (FRA)50 metros livre - 20s94 Rafa Muñoz (ESP)50 metros borboleta - 22s43 Felipe França (BRA)50 metros peito - 26s89

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.