Finalmente, um patrocínio

RIO

, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2011 | 00h00

O Conselho Deliberativo do Flamengo aprovou o patrocínio master do time na noite de ontem, e por um valor bem abaixo do que era esperado. A Procter & Gamble pagará R$ 6,6 milhões para estampar as marcas Duracell e Gillette no uniforme rubro-negro até o fim do ano. A nova camisa já será usada no jogo contra o Figueirense, domingo, às 16 horas, em Santa Catarina.

O Flamengo não tinha um patrocínio principal desde o início do ano, quando contratou Ronaldinho Gaúcho. Esperava que o meia fosse um chamariz para as empresas e que a cota anual superaria os R$ 22 milhões anuais, valor pago pela Batavo em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.