Flamengo busca a 2ª vitória e Fluminense tenta achar o rumo

O Flamengo visita o Bahia, hoje às 16 horas, no estádio de Pituaçu, em Salvador, em busca de sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro. Mas a semana começou conturbada, com o volante Willians agredindo Negueba durante um treino. O clima de animosidade só foi amenizado depois que o brigão ligou para os pais do meia e se desculpou. Por isso, o técnico Vanderlei Luxemburgo reconsiderou sua decisão e pediu a reintegração de Willians. Assim, o time vai ser o mesmo que goleou o Avaí na estreia.

, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2011 | 00h00

O Bahia, que se reforçou com o meia Ricardinho, anunciou mais uma novidade ontem, o meia Carlos Alberto (ex-Grêmio). O técnico Renê Simões tem várias dúvidas. Ele não pode escalar o goleiro Marcelo Lomba nem o meia Camacho, flamenguistas, e também não deverá contar com os novos reforços.

No Serra Dourada, em Goiânia, às 18h30, o Fluminense, reforçado com o atacante Fred, busca a reabilitação, contra o Atlético-GO. "Eu me sinto 200%. Não vejo a hora de estrear no Brasileiro, de fazer os meus gols", disse Fred. No Atlético-GO, que na estreia derrotou o Coritiba, o técnico Paulo César Gusmão tem vários titulares contundidos. Em compensação, os meias Anaílson e Bida e o atacante Juninho foram liberados pelo departamento médico.

Em São Januário, no Rio, às 18h30, o Vasco, de olho na final da Copa do Brasil, enfrenta o América-MG com o time reserva. A equipe mineira, que também ganhou na estreia, terá duas mudanças. O técnico Mauro Fernandes promove a estreia do zagueiro Anderson (ex-Santo André) e a entrada do meia Rodriguinho desde o início.

Na Arena da Baixada, em Curitiba, às 16 horas, o Grêmio tenta se recuperar, contra o Atlético-PR. O técnico Renato Gaúcho, ainda à espera de reforços, tem vários problemas para escalar o seu time. O Atlético, que também corre pela reabilitação, apresentou esta semana o zagueiro Fabrício (ex-Cruzeiro).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.