Flamengo só pensa em passar o Vasco na tabela

Motivados pela enorme rivalidade, time carioca espera derrotar o Palmeiras para manter inimigo do Rio à distância

O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2012 | 02h04

RIO - Depois de se livrar definitivamente do rebaixamento, na rodada passada, o Flamengo tem duas metas para os últimos três jogos no Campeonato Brasileiro: conseguir a classificação para a Copa Sul-Americana e terminar à frente do rival Vasco. O Rubro-negro está em nono lugar, com 47 pontos, quatro a menos que os vascaínos, em sétimo, com 51 pontos.

O que começou como um pedido de torcedores agora virou meta no Flamengo: ultrapassar o Alvinegro de São Januário. "Aqui no Rio, a rivalidade é muito grande entre os dois times. Tem torcedor que fala que pode perder o título, mas tem de ganhar do Vasco, e com o vascaíno é a mesma coisa", disse o meia Renato Abreu. "É sempre bom terminar na frente de um rival". Na semana que vem, Vasco e Flamengo vão se enfrentar no Engenhão.

Para o jogo de hoje, o técnico Dorival Júnior deve repetir a escalação da última partida quando o time derrotou o Náutico, por 1 a 0 -, com exceção do lateral Ramon, que cumpriu suspensão e agora volta à equipe.

Antes de pensar no Vasco, os jogadores do Flamengo têm consciência do peso do jogo de hoje para suas carreiras. Eles podem ficar marcados como carrascos do Palmeiras. Se os cariocas vencerem a partida, a equipe paulista será rebaixada.

"Não temos nada a ver com essa fase do Palmeiras. Se vai rebaixá-los, é problema deles", disse o lateral Ramon. "Teremos a mesma entrega, porque o que envolve o jogo é muito grande."

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoPalmeirasfutebolbrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.