Flamengo vence Troféu José Finkel

A crise que ameaça os esportes olímpicos nos clubes cariocas não foi suficiente para impedir a vitória do Flamengo no Troféu José Finkel, o Brasileiro em piscina de 25 metros, encerrado neste domingo, em Santos. Os nadadores do Flamengo, que sobrevivem sem receber salários ? o clube só paga a comissão técnica ? chegaram ao 12º título da competição, com 2.238 pontos. O Minas Tênis ficou em segundo (2.016) e o Pinheiros, em terceiro (1.847,50).A ex-nadadora e atual vice-presidente de Esportes Olímpicos do Flamengo, Patrícia Amorim, diz que vai lutar pelo clube até a morte. ?Sempre que algum dirigente do Flamengo cogitar acabar com o esporte olímpico no clube, vamos responder assim, com resultados. A natação no Flamengo não acaba mesmo.?Neste domingo, último dia de competições, Flávia Delaroli, Tatiana Lemos, Talita Ribeiro e Juliana Berlanga, do Pinheiros, bateram o recorde sul-americano no revezamento 4 x 100 metros, livre, com 3min45s68. No masculino, o Pinheiros melhorou o recorde do campeonato, com José Meolans, Gustavo Borges, Rafael Lima e Carlos Jayme (3min14s25).O argentino Meolans ficou o ouro nos 100 m, livre (47s80). No feminino, deu Rebeca Gusmão, da AABB/DF (55s78). Nos 100 m, costas, feminino, uma surpresa: Laura Azevedo, do Minas Tênis (1min02s18). No masculino, vitória de Alexandre Massura (53s92). Nos 100 m, peito, masculino, deu Eduardo Fischer, do Joinville Tênis Clube (com 1min00s16).

Agencia Estado,

05 de maio de 2002 | 14h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.