Florianópolis vê pilotos da F-1 em desafio de kart

A ausência do alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1 e amigo de Felipe Massa, não reduziu o interesse do público para um evento automobilístico anual em Santa Catarina. As arquibancadas do kartódromo no Arena Sapiens, em Florianópolis, hoje e amanhã, deverão ter as 20 mil pessoas esperadas pelos organizadores da disputa.

Livio Oricchio / FLORIANÓPOLIS, O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2010 | 00h00

Com uma bateria de 25 minutos hoje, às 21h45, e outra amanhã, às 11 horas, 26 dos mais importantes pilotos do Brasil e mais o espanhol Jaime Alguersuari, da equipe Toro Rosso de Fórmula 1, vão disputar o 5.º Desafio Internacional das Estrelas.

"Piloto é uma raça que você não pode confiar", disse Massa, ontem, rindo. "Afirmam que faz tempo que não andam de kart enquanto na realidade treinaram muito para a nossa corrida." A brincadeira acaba quando eles abaixam a viseira e deixam a área de box. Schumacher, vencedor da prova em 2007 e 2009, explicou a Massa a razão da ausência: "Tivemos uma temporada longa na Fórmula 1, 19 etapas, e ele preferiu ficar com os filhos que têm férias muito breves nessa época de festas de fim de ano", contou o piloto da Ferrari

Não há piloto desconhecido no evento promovido por Felipe Massa. Os quatro brasileiros que disputaram o campeonato da Fórmula 1 deste ano vão correr. Além de Massa, Rubens Barrichello, Lucas Di Grassi, responsável pelo desenho do belo traçado da pista de 1.207 metros, e Bruno Senna estarão na pista. Os karts, motores e mecânicos são sorteados em cada uma das duas baterias da competição. A SporTV transmite a corrida de hoje ao vivo e a TV Globo a de amanhã, também ao vivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.